Palmeiras sai na frente do Atlético-MG na busca por vaga para quartas


O Palmeiras mostrou muita força para ir até o estádio do Mineirão e derrotar o Palmeiras por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (2), na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Este jogão de bola foi transmitido ao vivo pela Rádio Nacional.

Com este resultado o Verdão chega ao confronto de volta com uma importante vantagem. Na próxima quarta-feira (9), no Allianz Parque, a equipe paulista se garante na próxima fase mesmo com um empate. Ao Galo resta vencer por dois gols de diferença para se classificar nos 90 minutos, ou ao menos com uma vantagem simples para forçar a disputa de pênaltis.

Apesar de atuar na condição de visitante, em um Mineirão que recebeu um público de mais de 52 mil torcedores, o Palmeiras iniciou o confronto muito bem, criando problemas para a defesa do Atlético-MG em especial nas transições rápidas para o ataque. Já o Galo, claramente esperando por um lampejo do atacante Hulk, fazia muito pouco.

E o Verdão não demorou a transformar a sua melhor atuação em gol. Aos 28 minutos Mayke fez lançamento longo para o zagueiro Gustavo Gómez, que, de cabeça, colocou a bola no meio da área, onde Jemerson cortou parcialmente e a bola sobrou para Raphael Veiga, que, de primeira, bateu no canto do gol defendido por Everson para marcar o gol da vitória.

Com a desvantagem o Atlético-MG passou a se arriscar mais no ataque, mas pouco produziu. A melhor oportunidade dos mineiros surgiu aos 36 minutos. A bola foi levantada na área do Palmeiras em cobrança de escanteio, Igor Rabello desviou e Hulk emendou uma finalização de bicicleta para fora.

No retorno do intervalo o Galo passou a se impor mais, chegando com mais contundência ao gol defendido por Weverton. Mas o goleiro mostrou segurança para segurar o resultado, como na defesa logo aos 3 minutos da etapa final após cabeçada de Jemerson. Porém, quem ficou mais perto de marcar foi o Verdão, com cobrança de falta de Jhon Jhon que explodiu na trave após desvio em Alan Kardec.





EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *