Boxeador Luiz Oliveira ‘Bolinha’ vence na estreia no Pan de Santiago


A cerimônia abertural dos Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile) será nesta sexta-feira (20), mas algumas disputas já estão a todo vapor. O boxe é uma delas. Nesta quinta (19), o primeiro brasileiro subiu ao ringue e saiu com a vitória. Pela categoria peso pena (até 57 kg), Luiz Gabriel Oliveira, o Bolinha, derrotou o canadense Victor Tremblay pela fase de oitavas de final e avançou para a etapa seguinte, na qual duelará com o uruguaio Lucas Alexander Fernandez Garcia, em data ainda a ser definida. A última estreia do Brasil nesta quinta (19 será no beisebol, às 15h (horário de Brasília), quando a seleção a Venezuela.  O Pan tem transmissão ao vivo do Canal Olímpico do Brasil.

Neto de Servílio de Oliveira, primeiro pugilista do país a ganhar uma medalha olímpica no boxe, nos Jogos Olímpicos da Cidade do México (1968), Bolinha partiu para a ofensiva desde o início da luta. Ele venceu o primeiro assalto em decisão unânime dos cinco árbitros. No segundo assalto, após o brasileiro acertar uma sequência de golpes no adversário, a arbitragem abriu contagem pela segunda vez e, depois de Tremblay não dar resposta positiva, declarou Bolinha vencedor por nocaute.

A vitória  e os Jogos Pan-Americanos como um todo são de vital importância para o brasileiro na classificação para a Olimpíada de Paris, em 2024. A competição oferece duas vagas diretas para os Jogos do ano que vem. Ou seja, Bolinha está a dois triunfos de garantir lugar na França.

No total, juntando feminino e masculino, são 13 categorias no boxe em Santiago. Onze delas darão vagas aos finalistas, enquanto outras duas (até 57 kg e até 60 kg, ambas no feminino) classificarão as quatro melhores atletas, totalizando 30 vagas para Paris em jogo.

Brasil visa recordes e vagas olímpicas

O COB levou a Santiago a maior delegação do país em um evento internacional na história, com 621 atletas (342 homens e 279 mulheres). Antes da cerimônia de abertura, apenas beisebol, boxe e saltos ornamentais terão começado as disputas, mas a partir do sábado (21), outras 54 modalidades começam a definir não apenas campeões mas, em muitos casos, classificados a Paris também.

No total, 21 modalidades (incluindo o boxe) darão vagas diretas nos Jogos de 2024, enquanto outras doze contarão pontos para os respectivos rankings na corrida para a classificação. No momento, o Brasil já tem 105 vagas confirmadas para a próxima Olimpíada.

Além disso, o país também busca melhorar a performance com relação ao Pan de Lima, em 2019, onde fez sua melhor campanha na história. Na ocasião, o Brasil terminou em segundo, atrás apenas dos Estados Unidos e registrou seu recorde tanto de ouros (54) quanto de pódios (169).





EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *