Governo vai reforçar policiamento no RJ por causa de jogos e do Enem


O governo federal irá reforçar o policiamento no Rio de Janeiro no próximo final de semana em razão de jogos de futebol e da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).  

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, informou que agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Força Nacional irão atuar em locais com grande concentração de pessoas, como estádios e estradas.

“Serão dias intensos no Rio de Janeiro, por isso, replanejamos a atuação da PRF e da Força Nacional para o próximo final de semana, para apoiar o governo do Rio no policiamento ostensivo”, disse. 

No sábado (4), será disputada a final da Taça Libertadores da América entre Fluminense e Boca Juniors. No domingo (5), haverá a aplicação das provas do Enem. No mesmo dia, estava previsto jogo entre Vasco e Botafogo, que foi transferido para segunda-feira (6) conforme acertado entre o ministro Dino e o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

Na semana passada, criminosos queimaram 35 ônibus e até uma cabine de trem, provocando o caos em sete bairros da zona oeste da capital fluminense, após um líder miliciano ter sido morto em uma operação da Polícia Civil. Desde então, o governo federal anunciou medidas para apoiar o governo local, como envio de homens da Força Nacional. 

Forças Armadas

O ministro Flávio Dino informou ainda que é um ponto de consenso o apoio das Forças Armadas no combate ao crime organizado no Rio de Janeiro, porém sem atuação nas ruas.  

“Não haverá uma atuação urbana das Forças Armadas, em bairros e avenidas. Nada desse tipo. Essa esfera pertence neste momento às polícias estaduais, às polícias do Rio de Janeiro”, disse o ministro.  

Segundo Dino, o governo federal e o governador Cláudio Castro acertaram a atuação conjunta da Polícia Federal e dos militares com as polícias estaduais. 

Na próxima semana, será formalizado a criação de um comitê de inteligência, composto por integrantes dos governos federal e estadual, para identificar e acabar com fontes de financiamento das organizações criminosas que agem no Rio. 

Nesta manhã, foi realizada reunião na Casa Civil, com a participação dos ministérios da Justiça e da Defesa, para definir como as Forças Armadas e a Polícia Federal irão apoiar o governo local. Conforme Dino, a proposta é que Exército, Marinha e Aeronáutica reforçam a segurança na fronteira do Rio com outros estados, na Baía de Guanabara, nos portos e aeroportos respectivamente. A proposta será levada hoje ou amanhã para análise e validação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, informou o ministro. 

Operação Virtude

O Ministério da Justiça apresentou nesta terça-feira resultado da Operação Virtude, voltada ao combate à violência contra idosos iniciada em 2 de outubro. 

Realizada em 25 estados e no Distrito Federal, a ação resultou na condução de 1.007 suspeitos às delegacias, 6 mil boletins de ocorrência, 701 medidas protetivas de urgência e investigação de homicídios, lesão corporal e violência sexual. 

Foram investigadas mais de 5 mil denúncias recebidas pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH) do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania (MDHC).



EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *