DF: mulheres vítimas de violência terão transporte gratuito


Uma parceria entre a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) e empresa Uber Brasil vai oferecer transporte gratuito para mulheres vítimas de violência.

As vítimas atendidas nas unidades da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) terão direito ao transporte. De acordo com o governo distrital, a ideia é incentivar as vítimas a registrar os boletins de ocorrência na Polícia Civil. As delegacias funcionam 24 horas.

O projeto prevê ainda divulgação de informações a motoristas e usuários sobre como ajudar mulheres vítimas de violência doméstica. 

A parceria terá duração de um ano. Pela cooperação, as vítimas terão apoio da assistente virtual do Projeto Ângela, desenvolvido pela Uber e o Instituto Avon.

A assistente oferece vários serviços para as mulheres, como contato com psicólogos e advogados. Para acessar a assistente virtual Ângela, basta enviar uma mensagem por Whatsapp para (11) 94494-2415. A partir daí, a assistente envia informações e direciona para um especialista. O número funciona para todo o Brasil, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 18h. O serviço é gratuito. 

Canais de atendimento

Em caso de emergência no Distrito Federal, a vítima ou uma testemunha podem ligar para 190 e acionar uma viatura da Polícia Militar. A ligação é gratuita e o número está disponível 24 horas por dia. 

As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas pelo Ligue 180, pela Central de Atendimento à Mulher. O serviço é de graça e funciona diariamente. O anonimato é mantido. 



EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *